hands-people-friends-communication-45842

Iniciativas

Foto: Rhoda Baer - Wikimedia commons

 

Força-tarefa

Os membros do Movimento por uma Cultura de Doação vêm refletindo, há muitos anos, sobre como articular uma agenda positiva para fortalecimento do ecossistema de doações no Brasil. 

Para evoluir nesse diálogo, foi criada uma Força-tarefa que tem a missão de coordenar esforços nessa direção. O ponto de partida desse trabalho foi um levantamento, realizado em 2019, que sistematizou informações já produzidas sobre o tema, levantou desafios e alavancas estratégicas e algumas recomendações iniciais para a discussão.

A partir desse mapeamento, foi iniciada uma articulação com especialistas e feito um processo de escuta com os integrantes do Movimento por uma Cultura de Doação. Foram, realizados dois workshops, com a participação de pessoas que representam a diversidade do setor.

O documento, que recebeu o nome de  Por Um Brasil + Doador, Sempre foi lançado no Congresso GIFE, em Agosto de 2020, e tem por objetivo mobilizar e concentrar esforços na promoção da doação entre os brasileiros e para servir de norte para quem atua e quer se envolver no fortalecimento do campo da doação. Desde 2019, o GIFE é a incubadora do Movimento por uma Cultura de Doação.

Foram sintetizadas, no documento, cinco grandes diretrizes com potencial para impulsionar o setor nos próximos cinco anos.

Foto: Acervo

Dia de Doar

O Dia de Doar promove a cultura de doação, conectando pessoas a causas sociais e ambientais importantes para suas comunidades e para o país. A cada ano, a iniciativa catalisa o apoio a organizações da sociedade civil que trabalham para melhorar a vida de milhões de brasileiros, fomentando a participação de todos na construção de um mundo mais doador e generoso.

Lançado informalmente em 2013 e abraçado pelo Movimento por uma Cultura de Doação em 2014 , a ação mobiliza pessoas, famílias, escolas e empresas para que façam doações e compartilhem essa ideia em suas redes sociais usando as hashtags #DiadeDoar e #GivingTuesdayBrasil e as peças de comunicação colocadas à disposição no site www.diadedoar.org.br.

Quem quiser participar pode se apropriar dos materiais e criar sua própria iniciativa de doação. As campanhas comunitárias acontecem de maneira independente, assim como as temáticas, a exemplo do Dia de Doar Kids, lançado em 2019 com o objetivo inspirar e trazer dicas para que as crianças conheçam mais sobre o assunto, descubram suas causas preferidas e também criem ações de doação.

O Dia do Doar surgiu nos Estados Unidos um ano antes de chegar ao Brasil, já se espalhou formalmente por 55 países e tem ações realizadas em 190 nações. Lá fora, a ação ganhou o nome de GivingTuesday. A iniciativa acontece sempre na primeira terça-feira após o Dia de Ação de Graças, o Thanksgiving Day celebrado em alguns países da América do Norte.

O Brasil se tornou um dos primeiros países a aderir à campanha criada em 2012 pela 92Y, organização sem fins lucrativos sediada em Nova Iorque, e tem a Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), que faz parte do Movimento por uma Cultura de Doação, como sua representante formal junto ao organizador. Hoje em dia o Dia de Doar é uma referência mundial para outros países que participam do movimento.

Veja os resultados da edição 2019:

R$ 2,3

milhões

30

campanhas

42

milhões

100

histórias

arrecadados na edição de 2019

comunitárias realizadas

de pessoas alcançadas

de doação compartilhadas

Foto: Acervo Dia de Doar

 

O Fundo BIS surgiu para apoiar, com recursos financeiros, a implementação e o desenvolvimento de soluções que ajudem a criar um ambiente favorável à cultura e à prática da doação no país, levando mais e mais pessoas a se tornarem doadoras de recursos para causas sociais, ambientais, científicas e culturais de finalidade pública, incluindo negócios de impacto.

Impulsionada pelo Movimento por uma Cultura de Doação, a iniciativa nasceu de um grupo de organizações da sociedade civil com reconhecida atuação no campo socioambiental. A partir dessa construção, o Grupo de Institutos Fundações e Empresas (GIFE) tornou-se o responsável pela realização e gestão do Fundo.

A governança do Fundo BIS inclui ainda um Comitê de Seleção, formado por voluntários que, além da reputação no setor, são ativistas da causa de doação de recursos para iniciativas públicas da sociedade.

A primeira edição do Fundo BIS foi realizada em 2017 e selecionou quatro projetos: Viralize, que conecta influenciadores digitais, organizações da sociedade civil e pessoas que querem apoiar causas sociais e ambientais; Marco Bancário de Doação, destinado a promover a inclusão financeira do terceiro setor; Pesquisa Comportamental sobre Doadores de Alta Renda; e Arredondamento no E-commerce, criado para facilitar micro doações em compras pela internet por meio do arredondamento de centavos. 

Dois anos depois, foi lançado o edital da segunda edição, com a distribuição de R$ 240 mil a projetos de plataformas, ferramentas, soluções e serviços inovadores que facilitem o encontro entre doadores e destinatários de recursos e ampliem a confiança, qualidade e eficiência nas relações entre doadores e organizações da sociedade civil que executam projetos.

Fundo BIS

 

Av. Brigadeiro Faria Lima , 2413 conj. 11 – 1° andar
Jd. Paulistano - São Paulo - SP | 
movimento@doar.org.br

  • Linkedin
  • YouTube
  • Instagram

Apoio: